Paranaíba - MS, 21 de Janeiro de 2022

Paranaíba atenderá Ensino Fundamental II a partir de 2022

21/12/2021 às 09:32
Paranaíba atenderá Ensino Fundamental II a partir de 2022

A Prefeitura de Paranaíba irá atender crianças do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental II a partir do ano de 2022. O anúncio foi feito oficialmente pelo prefeito Maycol Queiroz na tarde desta segunda-feira,20, no Gabinete, durante reunião com os vereadores.

A reunião foi acompanhada pela secretária de Educação, Simone Almeida, secretário de Governo, Juninho do Kézio e Chefe de Gabinete, Jane Paula. De acordo com o Chefe do Executivo, a Educação Infantil é obrigatoriedade do Município, no entanto o Ensino Fundamental II é de responsabilidade do Município e do Estado, pois existe um termo de cooperação e ele responsabiliza o Município a atender exclusivamente da Educação Infantil ao 5º ano do Ensino Fundamental I, porém a comunidade deseja que seus filhos concluam o ensino fundamental na Rede Municipal de Ensino e diante da demanda foi necessário a busca por um espaço adequado.

O prefeito explicou que Paranaíba deixaria de receber repasse do Fundeb de aproximadamente R$ 2,7 milhões, caso não atenda os próprios alunos que são matriculados no Ensino Fundamental II, entre o 5º e o 7º ano. Pensando nisso, a Administração Municipal fará a inclusão de cerca de 600 novos alunos.

Para o Ensino Fundamental II estarão disponíveis as escolas rurais Maria Paula, Capitão Altino Lopes e João Chaves e na cidade a Escola Municipal Maria Luiza Correa Machado, que atende os alunos do campo. Além disso, o Município atenderá os alunos residentes na zona urbana no prédio da FIPAR.

A locação do prédio, direção e professores serão custeados com recurso voltado especificamente para essa finalidade. As duas maiores escolas municipais, Escola Municipal Liduvina Motta Camargo e Escola Municipal Major Francisco Faustino Dias, atendem mais de 1500 alunos juntas, sendo 700 na Liduvina e 860 na Major.

Conforme a secretária, "a reorganização das turmas nas instituições possibilita à gestão estratégias de planejamento que garantam aos alunos a vivência dos quatro pilares da educação: aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a viver juntos e aprender a ser".

Maycol informou ainda que além de atender a demanda destes alunos, trabalha para garantir um espaço digno para todos os alunos da Rede Municipal de Ensino, com reformas e ampliações nas unidades escolares. Neste ano iniciou com a reforma da cozinha e banheiros da Escola Municipal Maria Luiza Correa Machado e a Escola Municipal Capitão Altino Lopes, no distrito de São João do Aporé. A partir de janeiro serão feitas reformas dos CEINF’s (Centro de Educação Infantil) Antonia Mainardi Ovídeo, Irmã Dulce, Professora Gertrudes, Caio Beviláqua e Dona Chiquinha.

Nesta quarta-feira,23, haverá licitação para a reforma das escolas Liduvina Motta Camargo e Major Francisco Faustino Dias; nestas unidades haverá a construção de cozinha e refeitório, reforma de banheiros e sala de aula.



Em janeiro também será licitada, com recursos próprios, a aquisição de energia solar para todas as instituições de ensino. No antigo lixão, a Prefeitura pretende fazer um parque para abrigar as placas de energia solar que emitirão energia para os demais órgãos municipais. Os recursos serão liberados pelo Banco do Brasil e é considerado um investimento de longo prazo, possibilitando a economicidade do Município.

A Administração Municipal trabalha na aquisição terrenos para ampliar a Escola Municipal Liduvina Motta Camargo, localizada no Bairro Industrial de Lourdes, e o CEINF “Dona Chiquinha”, no bairro Jardim Karina. As aquisições permitirão melhor atendimento das crianças dos bairros, com a construção de mais salas, além de ofertar melhor qualidade de vida tanto para os alunos como para os profissionais da Educação.

Outros assuntos tratados

Por esta segunda-feira, 20, ser a última sessão antes do recesso dos vereadores, outros assuntos de interesse da municipalidade foram tratados. Foi colocada em pauta a preocupação com a infraestrutura da cidade.

O prefeito informou aos vereadores que fará um pregão para a construção de meio fio, para atender a demanda de ruas que receberão asfalto, bem como reformar as guias danificadas.

Sobre a precariedade de algumas ruas após as fortes chuvas, Maycol contou que iniciará nesta semana a operação tapa-buracos, com massa quente CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado à Quente). Irá chegar o Mini Rolo Compactador licitado pela atual administração, auxiliando a Secretaria de Obras. Emergencialmente uma segunda equipe de trabalho foi criada e para o próximo ano a Secretaria de Obras fará uma terceira equipe.

Sobre recapeamento, o Município de Paranaíba terá investimento de R$ 7 milhões do Governo do Estado. Os serviços serão licitados no dia 12 de janeiro e atenderá, até o mês de março, a recuperação de 130 mil m² de asfalto em 30 dias, compreendendo mais de 100 ruas.


Sobre a cobrança da taxa do lixo aprovada na gestão passada, o prefeito Maycol autorizou um novo cálculo para baixar o valor e o Município arcará com o desconto de até 50%, sendo enviado o projeto para a apreciação dos vereadores na Câmara Municipal. O novo cálculo será feito pela empresa vencedora da licitação à época.

Com relação aos R$ 10 milhões para a canalização dos córregos, a expectativa é que as obras iniciem no primeiro semestre de 2022.

Estiveram presentes os seguintes vereadores: Dr. Andrew Robalinho, Dollar Pires, Lúcio Antonio, Missionário Nelo, Ronan Leal, Keyne Queiroz, Marcos Carenga, Jair Fernandes, Dr. Fernando e Gilson Santana.

Fonte: DECOM

  • Escritório Contábil Contalex, (67) 3668-1590
  • Pronto Vet Pronto Socorro Veterinário, (67) 3668-0377 / 99966-0377
  • Fiat Selena - (67) 3668-1532